A minha vida aos bocados...
Terça-feira, 25 de Outubro de 2005

Há coisas que não são para se perceberem. Esta é uma delas.
Tenho uma coisa para dizer e não sei como hei-de dizê-la. Muito
o que se segue pode ser, por isso, incompreensível. A culpa é
minha. O que for incompreensível não é mesmo para se perceber.
Não é por falta de clareza. Serei muito claro.


Eu próprio percebo pouco do que tenho para dizer.
Mas tenho de dizê-lo.
O que quero é fazer o elogio do amor puro.
Parece-me que já ninguém se apaixona de verdade.
Já ninguém quer viver um amor impossível.
Já ninguém aceita amar sem uma razão.
Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá
jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se
dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é
mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das
cuecas e das calças e das contas da lavandaria.

Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem
tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em "diálogo".
O amor passou a ser passível de ser combinado. Os amantes tornaram-se sócios.
Reúnem-se, discutem problemas, tomam decisões.
O amor transformou-se numa variante psico-sócio-bio-ecológica de camaradagem.


A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível.
O amor tornou-se uma questão prática. O resultado é que as pessoas,
em vez de se apaixonarem de verdade, ficam "praticamente" apaixonadas.


Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor
estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há,
estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de
conveniências de serviço.


Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão
comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr
um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e
capangas de cantina, malta do "tá bem, tudo bem",
tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananóides,
borra-botas, matadores do romance, romanticidas.


Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a
saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo,
o amor,a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que
nos canta no peito ao mesmo tempo?

O amor é uma coisa, a vida é outra.
O amor não é para ser uma ajudinha.
Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas
costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa
estrada da vida, o nosso "dá lá um jeitinho sentimental".


Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os
novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê
romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores.
O amor fechou a loja.
Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade.
Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo.
O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não
é para nos fazer felizes.
Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar.
O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente
ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto.


O amor é uma coisa, a vida é outra.
A vida às vezes mata o amor.
A "vidinha" é uma convivência assassina.
O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é
um destino. O amor puro é uma condição.


Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima. O amor não se
percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente.
O amor é a nossa alma.
É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não
sabe, não apanha, não larga, não compreende.
O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária.
A ilusão é bonita, não faz mal.
Que se invente e minta e sonhe o que quiser.


O amor é uma coisa, a vida é outra.
A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe.
Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre.
Ama-se alguém.
Por muito longe, por muito difícil, por muito
desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos.
E durante o dia e durante a vida, quando não esta lá quem se ama,
não é ela que nos acompanha - é o nosso amor, o amor que se lhe tem.


Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, amar
e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar
magoado, viver sozinho, triste, mas mais acompanhado de quem vive
feliz. Não se pode ceder. Não se pode resistir.
A vida é uma coisa, o amor é outra.
A vida dura a Vida inteira, o amor não.
Só um mundo de amor pode durar a vida inteira.
E valê-la também.

Miguel Esteves Cardoso
publicado por DarkAngel às 19:42

Segunda-feira, 24 de Outubro de 2005

Depois de a ler, não consegui deixar de a partilhar..
Aqui vai aquela que poderá ser, provavelmente, a melhor anedota do mundo sobre cerveja:

Depois do Festival de Cerveja da Grã-Bretanha, em Londres, todos os
presidentes das empresas de cerveja saíram para beber um copo.

- O presidente da Corona senta-se e pede ao barman: "Senhor, quero a melhor
cerveja do mundo, a Corona".

- O sujeito da Budweiser diz: "Quero a melhor cerveja, a Rainha das
Cervejas, a Budweiser".

- O dono da Cors exclama: "Quero a única cerveja feita com a água das
Montanhas Rochosas: a Cors!".

- O da Super Bock diz: "Dá-me uma Coca-Cola".

- Os outros olham para ele e perguntam: "Então? Não vais beber uma Super
Bock?"

- Ele responde: " Se ninguém está a beber cerveja, eu também não bebo..."


DarkAngel
publicado por DarkAngel às 14:51

Terça-feira, 18 de Outubro de 2005

Este ano, o encontro Europeu de Taizé, vai ser em Milão. Muita gente aqui da zona de Lisboa, deve-se recordar da multidão que esteve por cá de um lado para o outro na altura da passagem de ano. Nos últimos dias de Dezembro. Gostei tanto da experiência que me sinto motivado a ir e comigo vai montes de gente! :)
Só de pensar que por 175 euros vou poder ir a Itália e ficar por lá 4 dias, terei onde dormir, comer, rezar e passear. Enfim, no meio de tanta juventude certamente que será uma experiência inesquecível.

Itália, aqui vou eu... :)

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 01:19


Não podia também, deixar de escrever algo sobre isto, mas depois do que vi...
Começo a acreditar que o problema já é conhecido por todos os elementos do Sporting, mas não o querem divulgar..
Tenho até a sensação de que perderam este último jogo de propósito..
Segundo as estatisticas quem teve mais pose de bola foi o Sporting, contudo, os jogadores que mais tiveram a bola nos pés foram o Polga e o Beto!! Eles são os defesas!
Isto não é normal numa equipa que está a perder, controla a bola e deixa-a ficar com os defesas!! Por isso vos digo, a equipa quer uma mudança, e já...

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 01:09

Terça-feira, 11 de Outubro de 2005

Afinal já sei quem ganhou por cá..
Foi a tal Susana Amador, do PS.
Um amigo meu era o número 3 na lista para a junta da Ramada, e venceu na freguesia por isso irá trabalhar para a junta, e tenho um outro amigo que também era o número 3 na lista da junta de freguesia de Odivelas e venceu! Tenho muitos amigos que venceram eleições por estes lados.. É sempre bom quando isso acontece acho eu...
No entanto também tenho amigos que estiveram nas listas que perderam.. Mas como é óbvio, não podem ganhar todos... :)
É a vida...

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 00:06

Segunda-feira, 10 de Outubro de 2005

beat.bmp

Agora ando a ver estes desenhos animados, sempre curti desenhos animados deste género... Apesar de haver alguma violência, existe sempre estilo, história, humor, romance, tem um pouco de tudo.. O que transforma isto numa série bem dvertida!

Penso que ainda não dá na TV por isso para ver, ou vão ao Japão ou sacam na net.. :)

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 18:48


Já não sei quem ganhou no meu concelho!!!

O STAPE diz que foi o PS, contudo existem jornais que dizem que foi o PCP...

Fui ao site http://www.autarquicas.mj.pt/ e lá dizem que foi o PS, e que temos uma nova Presidente da Câmara chamada Susana, contudo o meu irmão veio das aulas e disse-me que a prof. dele que fazia parte da lista da câmara do PCP estava a fazer a festa pois tinha ganho..

Eu é que já não percebo nada.. O melhor é esperar para ver quem vai para lá... Enfim..

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 18:40


Don't Cha - Pussycat Dolls

Já consegui ouvir na Cidade FM e no top da Orbital.. :)

E tu, que andas a ouvir?

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 12:27


Depois da noite anterior me ter consentido apenas 3 horas de sono bem dormidas, chegou a vez de me deleitar na minha cama sem despertador, sem preocupações, sem nada em mente senão o meu cansaço...
Deixei-me dormir por completo e só acordei para almoçar...
Estava mesmo a precisar de um dia assim, sintia dores musculares no corpo todo..

Eu já não via um dia de chuva aqui em Portugal há muito tempo, cheguei até a comentar com o meu irmão mais novo que os bombeiros deviam estar de férias hoje.. Mas por acaso até passaram por mim quando iam de urgência fazer qualquer coisa aqui pelo bairro... E como até tenho uma rua mais ou menos movimentada logo depois do almoço um carro não fez a curva como deve ser e foi directo contra o passeio, felizmwente não subiu o passeio para ir contra o muro da vivenda, contudo o embate no passeio foi tal que o pneu furou..
Do carro saiu uma bela jovem, toda nervosa e atrapalhada, feito bom samaritano fui lá ajudar depois de analisar a situação da minha janela.
Não perguntei se estava tudo bem, pois via-se que não estava.. :) Aconselhei calma e disse-lhe para retirar o carro da curva e encontá-lo ao lado do prédio onde ficaria mais seguro, pois aquela curva é bastante acidentada e como estamos num dia de chuva...
Ela lá apagou o cigarro e foi seguir o meu conselho, mas não conseguiu ligar o carro, perguntou-me se queria tentar e lá fui eu ligar o carro.. Consegui encostar o carro perguntei se ela tinha conseguido chamar alguém para ajudar e resposta foi esta:
- Não tenho saldo no telemóvel, ia ter com um colega para tomar café, o carro é do meu pai, já mandei kolmi's à minha irmã e ao meu pai, mas até agora nada...

Veio o meu irmão mais novo que prontamente lhe emprestou o tlm para ela ligar, mas ele ficou sem bateria, foi ao meu quarto buscar o meu tlm mas não o encontrou por isso veio com o do meu pai e lá ela fez a ligação e chamou o pai e a irmã. entretanto enquanto nínguém vinha pois a irmã e o pai demoraram a atender o telefone, e enganaram-se no caminho dei início à mudança do peneu.. :) Fiz tudo bem, excepto a remoção do último parafuso do pneu, pois apesar de ter conseguido levantar o carro com o macaco, e de ter conseguido retirar 3 dos 4 parafusos, havia um que tinha de ser retirado com um aplicativo especial que estava no meio da imensa tralha que estava dentro do carro e eu não sabia.. Lá chegou o pai dela, e conseguiu tirar o dito parafuso, mudámos o pneu e ela lá conseguiu seguir viagem..

Fui votar seguidamente... Aqui em Odivelas a luta voi difícil.. ganhou o PS, mas o PCP ficou à frente do PSD! Isto vai dar que falar por estes lados...

Acabei o dia jogando à bola com a malta do costume.. Agora vou descansar.. já é tarde..

DarkAngel
publicado por DarkAngel às 03:02


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
26
27
28
29

30
31


Últ. comentários
Alcorein!! Há quanto tempo!! Morro de saudades da ...
Estas pesquisas no google são ouro. Os meus coment...
se estás assim agora, imagina no verão! ahah
Eu também!!!
Já tinha saudades tuas!! :-)
Sim,de facto tenho de confessar gosto mais desta v...
Sem dúvida...Mas deviamos ter um botão para aciona...
Há animais que merecem mais carinho do que muitas ...
sim ^^
"que me andam a rondar" ^^
mais comentados
95 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
13 comentários
13 comentários
13 comentários
12 comentários
11 comentários
11 comentários
Contador
Hitstats
Globe