A minha vida aos bocados...
Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

É nos teus olhos que eu vejo

 

É nos teus olhos que eu me encontro,

E vejo o olhar triste que repousa em mim,

À procura de um calor sem fim,

 

É nesse encontro que o desejo renasce,

E as tuas mãos se transformam em asas,

E suavemente preenchem o vazio à minha volta

 

Sinto que no silêncio do teu abraço,

Consigo aconchego no teu regaço,

Sempre que preciso de coragem

Para chegar ao outro lado da margem

 

E mesmo de olhos bem fechados,

sinto o teu sorriso em mim,

E sou feliz assim

publicado por DarkAngel às 04:54

O poder do silêncio, de um abraço :)
Um beijo. Não! Antes um abraço, daqueles que apetece até partir as costelas :D
Rita Andrade a 8 de Dezembro de 2010 às 02:17



mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

17
19
20

21
22
25
26
27

28
29


Últ. comentários
Este poema de E.E Cummings é um dos meus favoritos...
Alcorein!! Há quanto tempo!! Morro de saudades da ...
Estas pesquisas no google são ouro. Os meus coment...
se estás assim agora, imagina no verão! ahah
Eu também!!!
Já tinha saudades tuas!! :-)
Sim,de facto tenho de confessar gosto mais desta v...
Sem dúvida...Mas deviamos ter um botão para aciona...
Há animais que merecem mais carinho do que muitas ...
sim ^^
mais comentados
95 comentários
17 comentários
15 comentários
14 comentários
13 comentários
13 comentários
13 comentários
12 comentários
11 comentários
11 comentários